Skip to main content
como evitar câimbras

Como Evitar Câimbras

As câimbras vão ficando mais comuns e frequentes à medida que envelhecemos. Saiba nesse artigo como evitar câimbras e suas causas.

Fortes dores capazes de interromper uma noite de sono. Aquele puxão forte que faz o atleta parar e se contorcer. Esta é a famosa câimbra.

A câimbra é uma contração rápida e dolorosa de um ou vários músculos, que ocorre devido ao desequilíbrio hidroeletrolítico do corpo. É a forma do corpo de alertar que é preciso repor água e sais minerais como potássio e sódio, responsáveis pela contração muscular.

 A câimbra pode afetar qualquer parte do corpo. As áreas mais atingidas são a panturrilha, mãos, abdômen, pescoço e pés e a parte de trás da coxa.

Principais causas das câimbras:

  • Exercícios em excesso ou a falta deles
  • A ingestão insuficiente ou excessiva de certos nutrientes

Principais medidas de como evitar câimbras

Ter uma alimentação balanceada

Uma alimentação saudável fornece todos os nutrientes para o organismo trabalhar adequadamente.

Frutas, verduras e legumes, que são excelentes fontes de sais minerais e vitaminas que ajudam o bom funcionamento do músculo quando ele é exigido, além de garantir reservas de energia.

Alimentos ricos em potássio, como é o caso da banana, e em magnésio, como as sementes, são eficazes para evitar as dores das câimbras durante a noite.

Outra medida de como evitar câimbras é evitar o consumo de farinhas refinadas, os açúcares e as frituras.

Beba bastante água e isotônicos

A hidratação é uma medida essencial de como evitar câimbras. Quando o exercício é leve à moderado, apenas água é suficiente para hidratar. Em caso de exercícios muito intensos e de longa duração, é preciso repor principalmente sódio e potássio que se obtém nas bebidas isotônicas.

Para evitar a desidratação outros líquidos como por exemplo, chás e os sucos naturais.

O consumo de 2 litros de água por dia é o ideal. Durante dias muito quentes, recomenda-se aumentar o consumo de água diária para 3 litros.

Melhorar o condicionamento físico

Para aguentar exercícios mais intensos, é necessário preparar o músculo. Ganhar força e resistência é uma maneira de como evitar câimbras. Mas lembre-se que isso não acontece do dia para a noite. Para evitar câimbras é preciso acostuma-lo durante meses, mas não precisa ser treinos muito intensos. Nesse caso, a frequência é o mais importante. Caminhadas pelo parque, andar de bicicleta, um trote leve e até a pratica de ioga também pode ser útil.

Usar um calçado adequado

Na hora de pensar como evitar câimbras, muitas vezes não prestamos atenção nos calcados. Mas por vezes as câimbras podem surgir por caminharmos de forma incorreta, ou passar muitas horas em saltos altos ou calçados inadequados para determinada prática.

Escolha sapatos que apoiem bem a sola dos pés, que não se mova ao caminhar e que não exijam um esforço muito intenso da panturrilha.

As meias também são um item para se tomar cuidado. Meias muito justas, podem bloquear a irrigação sanguínea, tornando assim os músculos mais vulneráveis as câimbras.

Como evitar Câimbras: preste atenção na alimentação

como evitar caimbras

Na hora de pensar em como evitar câimbras, dê atenção a sua alimentação. É importante incluir na dieta de alimentos ricos em magnésio, potássio, sódio e cálcio. Esses minerais, em especial o potássio, são responsáveis pelo equilíbrio hidroeletrolítico.

São eles que garantem uma ótima contração muscular e são capazes de diminuir a incidência das cãibras. Se não houver a reposição desses nutrientes, os espasmos podem ocorrer.

Para garantir uma melhor absorção dos nutrientes, tenha uma dieta equilibrada e inclua os seguintes alimentos no cardápio:

  •         Amendoim;
  •         Abacate;
  •         Cenoura;
  •         Chá preto;
  •         Brócolis;
  •         Algas;
  •         Azeitona;
  •         Bacon;
  •         Carne seca;
  •         Amêndoa;
  •         Castanha-do-Pará.

Liberado pela Anvisa no Brasil Pílula 4x mais potente que o azulzinho, conheça agora mesmo o Power Blue

exercicios para gravidas

Dicas de Exercícios Para Grávidas

Nesse artigo vamos te passar dicas dos melhores exercícios para grávidas manterem a sua saúde e a do seu bebê em dia.

A saúde deve ser prevalecida em todas as fases e etapas da vida. Se exercitar é sinônimo de uma boa qualidade de vida, significa que você está fazendo um constante melhoramento do corpo, não só se referindo à estética, mas referindo-se principalmente ao funcionamento do seu organismo. E no caso das gestantes isso não é diferente.

Mas vale ressaltar que, qualquer exercício que você queira fazer, deve ser, primeiramente, autorizado por seu médico, afinal de contas, a gestação é uma condição delicada, no qual é preciso tomar todos os cuidados necessários para garantir que a saúde do bebê não seja comprometida.

Mas, caso já tenha feito isso e esteja apta a praticar atividades físicas durante a gravidez, mas não sabe exatamente o que fazer para manter a sua forma física em dia e não ganhar aqueles quilinhos a mais típicos da gestação, confira abaixo a lista que preparamos com os melhores exercícios para grávidas.

 

Melhores exercícios para grávidas

Realizando esses exercícios três vezes na semana, já irá obter um bom desempenho, para a sua saúde e também para a saúde do bebê.

exercicios para gravidas

 

Musculação leve

Isso mesmo! Fortalecer a musculatura do corpo, é uma ótima alternativa de se manter saudável durante toda a gestação. Lembrando que não deverá ser um treino muito puxado, é claro.

Apesar de trabalhar a musculatura, deverá haver moderação em todos os exercícios e também um bom período de descanso.

É válido lembrar que um exercício que deve ser excluído durante esse período é o abdominal.

 

Alongamento

O alongamento do corpo é um dos melhores exercícios para grávidas e que você pode adotar caso esteja procurando se exercitar durante a gravidez.

Alongar o corpo irá ajudar no fortalecimento da musculatura e também na flexibilidade dos movimentos.

Este é um exercício que pode ser executado diariamente pelas mamães. Começando por um alongamento bem leve no início e assim, o nível vai subindo com o decorrer dos dias.

 

Bicicleta ergométrica

Na bicicleta deverão ser observados alguns pontos, como a frequência cardíaca, o peso colocado na pedalada e o tempo de execução.

O ideal é que você nunca ultrapasse uma frequência de 140 bpm, o peso esteja bem leve e pedale por uma média de 30 minutos. É bom usar a bicicleta só no início da gravidez, mas nos trimestres finais da gestação, é bom dar uma parada nos exercícios, ou então, realizar uma atividade física mais leve.

 

Hidroginástica

Na hidroginástica os benefícios são ótimos, como a redução do inchaço das pernas, melhoramento das dores nas costas, entre vários outros fatores benéficos. É também um exercício que poderá ser executado desde o primeiro mês de gravidez até o último. Não importa se você já realizava exercícios anteriormente, a hidroginástica atende todas as futuras mães.

 

Caminhada

A caminhada já uma conhecida de todo mundo, ela poderá ser executada por quem está grávida, desde que mantenha sempre a moderação.

Portanto, esses são os melhores exercícios para grávidas que ajudarão na melhor gestação possível.